DATA: 25 de outubro de 2020
ARTISTA: Warshipper: "Barren..."
GRAVADORA: Heavy Metal Rock
PRODUTOR: Warshipper & Rafael Augusto Lopes
Warshipper: “Barren…”
Compartilhe este Conteúdo

Sensacional Death Metal com pitadas de Thrash Metal fora do padrão, não espere aqui por uma sonoridade em linha “reta” que acaba soando enfadonho, repetitivo e aquela cópia de tudo o que você já ouviu antes, não é o caso do Warshipper.

O quarteto Warshipper conseguiu apresentar em seu terceiro trabalho intitulado “Barren…“, uma sequência de pérolas do underground, além de tudo é um álbum conceitual, pois, o mesmo fala sobre os padrões de normalidade que são impostas pela sociedade em suas mais diversas facetas.

São 11 faixas em que o lado obscuro e grotesco do Death Metal consegue te tocar de forma tão acessível, que de repente você se pergunta, por quê ninguém fez isso antes, ou seja, ponto para a banda que consegue mostrar toda a sua intensidade, peso e também uma incrível capacidade de agradar fãs de outros estilos.

A verve de “Barren…” vai muito além do óbvio, algumas faixas começam como se fossem um rolo compressor sem freios, passando por cima de tudo e todos, de repente o flerte de riffs arrasa quarteirão com solos virtuosos, andamentos quebrados e uma dose de lugubridade ao bom estilo Doom, fazem você sacar que realmente é uma banda muito singular dentro de sua proposta…

Vale a pena ouvir a cada faixa mais de uma vez, sem exceção, pois a cada audição você tem a percepção de encontrar mais elementos distintos dentro de cada música, parece algo contraditório em se falar de Death Metal, mas prestem atenção na riqueza de detalhes, cito como exemplo a faixa “Embryo” que faz você viajar por suas alternâncias.

O peso do Death Metal aliado a um quarteto acima da média, que pensam fora da caixa, só poderia resultar num trabalho tão bem elaborado quanto “Barren…”, não é apenas mais um álbum, é um organismo simbiôntico que entra por seus ouvidos e te possui ao ponto de querer fazer parte dele… E eu tive essa mesma sensação na época em que foi lançado “Wildhoney” do Tiamat, entendedores, entenderão…

Vale destacar a parceria de Fernanda Lira (ex-Nervosa, atual Crypta) na faixa “Respect!”, a porradaria de “Barren Black” e “Axiom”, a intro de “Beneath The Burden” e todas as suas variações rítmicas, a bela “Anagrams Of Sorrow”, “Compulsive Trip” com uma pegada mais Avant-Garde quase um Synthpop, a ousadia da banda nessa viajem chamada “Barren…” é no mínimo descomunal e a faixa “Knowing Just as I (Detachment)” encerra de forma brilhante um dos melhores lançamentos do ano!!!

 

Um belo trabalho assessorado pela Som do Darma e lançado pela Heavy Metal Rock.

Ouça sem moderação!!!

 

Integrantes:

Roger Costa – Bateria
Renan Roveram – Vocal / Guitarra
Rafael Oliveira – Guitarra
Rodolfo Nekathor – Baixo / Vocal

Acessem:

http://www.youtube.com/warshipperband
https://www.facebook.com/Warshipper

 

 

Leave a Reply

Specify Instagram App ID and Instagram App Secret in Super Socializer > Social Login section in admin panel for Instagram Login to work

5 × 2 =

2010 - 2020 | RUMORS MAG © ALL RIGHTS RESERVED.