DATA: 14 de outubro de 2019
ARTISTA: Hellish War: "Wine of Gods"
GRAVADORA: Anti Posers Records
PRODUTOR: Ricardo Picolli
Hellish War: “Wine of Gods”
Compartilhe este Conteúdo

Há mais de 24 anos fazendo música de verdade, não simplesmente poses para fotos ou vídeos, mas, levando a bandeira do Heavy Metal Tradicional com muita categoria… Esse é o Hellish War!!!

A banda tem se adaptado a diversas mudanças, tanto em relação ao mercado fonográfico, as várias formas de divulgação e as modinhas musicais atuais, apenas sendo fiéis ao seu estilo incorruptível.

O estilo oitentista das bandas europeias continua de forma marcante, com uma base muito bem encaixada e precisa, cavalgadas em riffs ganchudos e empolgantes, aliados ao vocal de Bil Martins que às vezes lembra ao de Paul Stanley.

A banda conseguiu de forma criativa lançar o trabalho sucessor de “Keep It Hellish”, sendo o mesmo patrocinado através de um projeto financiado pelo PROAC (Programa de Ação Social) do Governo do Estado de São Paulo. E eis que surge “Wine Of Gods“!!!

“Wine Of Gods” é uma realização conjunta de músicos que não se preocupam em vomitar discos e mais discos ao léu, mas, sempre com a preocupação de ser um trabalho digno de sua carreira/discografia independente do tempo. E isso o Hellish War sabe fazer como ninguém, o novo álbum é algo assombroso no quesito música de qualidade.

Existe toda uma babação de ovo em relação a músicos de grandes bandas tocando com nossas bandas nacionais, mas, esquecem que nossos músicos são tão bons ou até melhores que muitos grandes do Mainstream, vide a participação do guitarrista Vulcano durante a turnê de Tim “Ripper” Owens, vocalista que fez história substituindo Rob Halford no Judas Priest, além de passagens por Iced Earth e Yngwie Malmsteen. Em especial no “Wine Of Gods” está o vocalista da banda alemã Grave Digger, Chris Boltendahl, ele faz sua participação na faixa “Warbringer” num amálgama perfeito entre banda e convidado.

Muitos veículos apontam que o ponto alto do álbum é a participação de Boltendahl, cara como assim? O álbum é sensacional independente da participação dele, não o desmerecendo claro, mas o trabalho do Hellish War já ultrapassou fronteiras e o próprio Boltendahl disse: “Estou orgulhoso de fazer parte do novo álbum da banda brasileira Hellish War. Eles soam como se fossem uma banda europeia dos anos 80, como numa mistura do velho Running Wild, Rage e Grave Digger. Os riffs e vocais poderiam ter sido compostos na Alemanha ou em qualquer outra parte da Europa. Os fãs vão se surpreender com a energia e o poder dessa banda! Eu os desejo tudo de bom e muito sucesso no futuro com seu novo álbum, Wine Of Gods”.

O álbum contém outras pérolas como as faixas “Wine Of Gods”, “The Wanderer” e as minhas preferidas “Falcon” e “Burning Wings” que fala de depressão.

Apesar de pipocarem “novos” subgêneros no Metal, o Hellish War mostra que boa música é atemporal, que o Heavy Metal Tradicional continuará vivo. E que essa chama nunca se apague!!!

Fazer música por prazer é outro nível, apenas ouça!!!

Tracklist:

1. Wine Of Gods
2. Trial By Fire
3. Falcon
4. Dawn Of The Brave
5. Devin
6. House On The Hill
7. Burning Wings
8. Warbringer
9. Paradox Empire
10. The Wanderer

 

 

 

 

Integrantes:

Bil Martins – Vocal
Vulcano – Guitarra
Daniel Job – Guitarra
JR – Baixo
Daniel Person – Bateria

Acessem:

www.facebook.com/hellishwar
www.hellishwar.com.br

 

Deixe uma resposta

2010 - 2019 | RUMORS MAG © ALL RIGHTS RESERVED.