DEVILSKIN OFERECE UMA EXPERIÊNCIA HOMEGROWN COMO NENHUM OUTRO!
de on Março 22, 2020 dentro Notícias
Compartilhe este Conteúdo

Todos os shows estão desativados, mas o DEVILSKIN o transportará ONSTAGE para a apresentação Homegrown de 2018!

Ao contrário de uma transmissão ao vivo típica, você pode assistir ao show em 4K 60fps usando o Aplicativo do YouTube em um fone de ouvido VR, tablet, smartphone, smart TV ou em um navegador no seu computador.

Colocamos você no palco e entre todas as ações.

O VR fornece aos fãs uma visualização em 3D do show dos ‘melhores lugares da casa’. Se você não possui um fone de ouvido VR, ainda assim terá uma experiência imersiva inclinando ou arrastando a tela para manipular sua visualização.

O concerto estará disponível no canal do Youtube do Devilskin.

O show foi capturado para VR usando câmeras e sistemas de transmissão criados pela empresa neozelandesa Orbe.

Sente-se, ajuste a qualidade para alta e desfrute de um dos melhores shows de rock VR existentes!

Vá para a DEVILSKIN MUSIC para mergulhar na apresentação Homegrown de 2018 clicando AQUI.

 

Track List:
1. Do You See Birds
2. All Fall Down
3. Corrode
4. Eyes Red Heavy
5. Same Life
6. The Victor
7. Bllod & Bone
8. Endo
9. Bright Eyes
10. Sweet Release
11. Be Like the River
12. Everybody’s High But Me

 

 

“Nós realmente demoramos um tempo com a RED”, Martin entusiasma, “tínhamos a visão e sabíamos que isso tinha que ser feito corretamente. Cada uma das músicas tem muita vida e nós sentimos um dever real de fazer justiça a elas. Há alguns momentos realmente pessoais e muito reais neste álbum. Nós absolutamente não nos contivemos, há músicas sobre luta, depressão, suicídio e perda e músicas sobre força, esperança, vitória e amor. Demonstramos quase 30 músicas para este álbum, então tínhamos muito trabalho a fazer para diminuir a lista. Uma das últimas músicas que escrevemos, quase perdeu o corte também, mas o soco na garganta que chamamos de “Do You See Birds” abre o álbum e dá o tom em uma verdadeira montanha-russa. Achamos que era especialmente importante proporcionar ao ouvinte uma experiência imersiva total do início ao fim. Há muito humor, cor e textura nas músicas, bem como entre elas. É uma viagem. ”
A incrível resposta dos dois primeiros singles “Endo” e “All Fall Down” mostra a promessa que este álbum tem. Ambas as músicas foram recebidas no rádio com alta rotação e acumulam números sérios online.
Do humor épico de “Blood & Bone”, a raiva enjaulada de “Same Life”, o impacto visceral de “The Victor”, à beleza pungente de “Sweet Release”, a grandeza resplandecente de “Bright Lights”, através para a arrogância de “Be Like The River” e a fúria maníaca de “Everybody’s High But Me”, Devilskin mostrou sua alma com suas melhores performances ainda.
O álbum será lançado digitalmente em todos os formatos usuais, fisicamente via CD e LP, e haverá uma edição limitada de luxo.

Clique aqui para encomendar  ‘Red’ Online

O Devilskin é um quarteto de Hamilton / Nova Zelândia formada em junho de 2010, que já tem coragem, classe, elogios e confiança. A soma total de um grupo determinado e realizado de músicos que sabem o que querem, a música é orgânica, dinâmica e real.
A banda apresenta a espetacular Jennie Skulander nos vocais principais. Sua voz poderosa e convincente e presença de palco atraente a diferencia de qualquer vocalista que a Nova Zelândia colocou até agora. Com um presente infalível para a melodia, a incrível voz de Jennie varre de sussurro a rugido, rasga com força, pinga com melodia e cativa com sinceridade.
Jennie já havia liderado a banda de Rotorua, Slipping Tongue, conquistando uma faixa de fãs com seus vídeos, EPs e álbum. O Slipping Tongue também impressionou muitos quando eles abriram para a Coheed & Cambria em 2008.
Na guitarra principal está Nail, da popular banda de Waikato Chuganaut, que venceu a Batalha das Bandas da Nova Zelândia e a Batalha Mundial das Bandas em 2004. Tocou BDO em 2005 e abriu para o Iron Maiden no estádio Mt Smart em 2009. Chuganaut fez inúmeras turnês nacionais e lançou vários singles, EPs, vídeos e um álbum. O trabalho violento do prego e o desempenho de alta energia trazem intensidade real ao show ao vivo.
Tocar baixo é Paul Martin, conhecido como o Axeman do programa de rádio mais popular da Nova Zelândia, o Ax Attack. Guitarrista e vocalista da Quarta Guerra Mundial, as bandas anteriores de Paul incluem Knightshade e Blackjack. Ele abriu para a Black Label Society (2006), Heaven & Hell (2007) e Motorhead duas vezes (2008), e tocou BDO (2009). O estilo poderoso e agressivo do baixo de Paul é uma força propulsora no som da banda.
Nic Martin se juntou a Devilskin como baterista em agosto de 2011 aos 15 anos. Filho de Paul, Nic é o artista mais jovem a tocar BDO quando se apresentou na Quarta Guerra Mundial em 2009 aos 13 anos. exibição real de poder e paixão na bateria. Com um estilo feroz próprio e a inesgotável energia da juventude, o estilo truculento e a aparência de Nic estão rapidamente se tornando um ponto de discussão na cena da música ao vivo da Nova Zelândia. Sem mencionar fazer de Devilskin uma das poucas bandas que apresentam pai e filho em sua formação.
Juntos, os Devilskin têm a capacidade de escrever músicas com profundidade e paixão. Eles criam um som atraente e irresistível e executam um impressionante, explosivo, show ao vivo.
A arte de escrever canções está de volta.

 

Acessem:

https://www.instagram.com/devilskinnz/
https://twitter.com/devilskinNZ
https://devilskin.co.nz/
https://www.facebook.com/DevilskinNZ/

 

Fonte: TAG Publicity

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

2010 - 2019 | RUMORS MAG © ALL RIGHTS RESERVED.